domingo, 27 de janeiro de 2013

COMO E ONDE ESTÃO OS NOSSOS JOVENS?


MENSAGEM AOS JOVENS

Querido(a) unamos as nossas orações aos jovens vitimados pelo incêndio em Santa Maria e às suas famílias. O coração de Deus certamente chora nesse momento e meu coração de consagrada à juventude chora junto a ele. e a vocês queridos jovens "Filhos do coração, gerados no amor de cada uma de nós Irmãs, pedimos que possam ter atenção aos locais que vocês frequentam, não facilitem dores que possam acontecer em suas vidas, lembrem-se que vocês SÃO PRECIOSOS para Deus, para seus pais e familiares e para nós que os acolhemos como filhos do coração.

Abração e orações! Irmã Jacque, RIC

Esta mensagem enviada a nós, por e-mail da parte de nossa querida Ir. Jacqueline, retrata a dor que todas nós, Religiosas da Instrução Cristã sentimos, ao vermos as vidas preciosas e queridas de tantos jovens, sendo ceifadas. Vítimas, de um acidente... sim, mas não é só desta forma que nós os  estamos perdendo todos os dias. 
A vocês, queridos jovens, nosso apelo, enquanto Religiosas consagradas por vocês para que  tenham mais vida e vida em abundância: pensem bem se o que vocês vivem, fazem e procuram, está de acordo com o desejo infinito que está no mais profundo de vocês. Pensem bem se de fato, vocês estão felizes com as escolhas que estão fazendo,e com a forma como estão vivendo. Há sempre uma chance, um momento novo... tempo para retomar a vida e seguir um caminho diferente... melhor!!!

Que Deus os abençoe e os guarde e acreditem que tem muita gente que dá a vida por vocês. Entre elas, nós, Religiosas da Instrução Cristã..

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

O NOSSO CARISMA

SACRIFICAR-NOS E CONSAGRAR-NOS INTEIRAMENTE À JUVENTUDE


Ao querido Padre Jaldemir Vitório, nossa gratidão por toda sua dedicação em conhecer o espírito de nosso Instituto, pois através dessa dedicação, tem dado um grande contributo para que nos apropriemos mais do que é nosso, e, com mais empenho, possamos viver  o nosso carisma, cada vez mais, aprofundando o desejo de nosso coração, que é a dedicação à juventude. Abaixo, um pequeno texto, fruto de seus escritos sobre o nosso Carisma de Sacrificar-nos e Consagrar-nos inteiramente à juventude. Gratíssimas! 



Sacrificar-se como modo de ser e de proceder

A graça fundacional de sacrificar-se a si mesmas e de se consagrar inteiramente à juventude deverá ser encarada de maneira positiva, sem identificá-la como sacrifícios físicos ou corporais. Sacrificar-se entende-se como doar-se, entregar-se inteiramente ao serviço dos jovens.
Decorrem aqui algumas exigências para o modo de ser e de proceder das RIC, uma espécie de ethos congregacional, que são seu distintivo e as fazem reconhecerem-se, mutuamente, onde quer que estejam.

Eis, em grandes linhas, o modo de ser e de proceder das RIC:

Nutrem um amor pessoal a Jesus Cristo, na sua expressão de Jesus Educador, e se deixam transformar por ele, que se fez dom para a salvação da humanidade.

Descobrem no rosto da juventude os apelos urgentes de se sacrificar a ela, dando o melhor de si para ajudá-la a crescer humana e espiritualmente.


Cultivam um espírito de jovialidade e de alegria, que lhes permite aproximar-se dos jovens e levá-los a se encantar por Jesus Educador.

Buscam, em vista da missão, excelência na formação nas áreas das ciências mais necessárias para o serviço aos jovens.

Vivem os votos religiosos como experiência de libertação da liberdade, em vista do sacrifício aos jovens, sem a contaminação do egoísmo.


Acolhem os que querem partilhar o carisma agatheano no IRIC e se esforçam para ajudá-los a desenvolver seu carisma de servidores dos jovens.

Acreditam que a missão de sacrificar-se aos jovens exige ações intercongregacionais e de parceria com ONGs que se dediquem à promoção da juventude.

Tem atenção especial pela juventude pobre e marginalizada e se preocupam em buscar os melhores meios de ajudá-la no processo de crescimento humano, espiritual e profissional.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013


Rede Globo se nega a fazer reportagem sobre a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em seu quadro "Jovens do Brasil".

O perfil do Jornal Hoje, da Rede Globo, no Facebook pediu sugestões sobre temas. Mais de 24 mil pessoas comentaram, pedindo reportagem sobre a Jornada Mundial da Juventude.

Ontem, o mesmo perfil veio comunicar que não farão a reportagem nesse programa, porque o tema não é "abrangente". E aproveita para pedir que votem numa lista de temas que escolheram:


  • Drogas: O adolescente se sente excluído ao recusar? Como lidar com quem usa?
  • Violência: A violência provoca impacto na rotina de adolescentes e jovens?
  • Consumismo: Comprar é prazer ou necessidade? Como os jovens lidam com o consumo?
  • Independência: Horários, gastos, deveres... Como o adolescente lida com a liberdade dada pelos pais?
  • Fãs e tietagem: Alguns fãs fazem loucuras por seus ídolos. Qual é o limite entre obsessão e tietagem?

A reação dos jovens não demorou. Giovanna Meneguello Bim comentou hoje: "Copa, showns, famosos virem para o Brasil, entre muitas outras coisas não são eventos específicos? Bem, se vcs não queriam falar sobre o tema tudo bem. Só não entendo a desculpa de vocês de isso ser um tema específico sendo que a maioria dos assuntos abordados são muito mais específicos do que um evento mundial!"

"Se fosse o povo pedindo pra vocês fazerem uma matéria sobre o show do Luan Santana vocês davam um jeito. Tem muita gente querendo saber sobre a JMJ. Tem muita dúvida, e muita coisa a ser apresentada a respeito", afirma Luiza Maria, aqui da minha cidade de Petrópolis.

Para Rafael Santana, de Cariacica, "é fácil de falar de jovens se drogando, prostituindo, morrendo...e quando vem algo que é a resposta para estes jovens que se perdem simplesmente lavam as mãos. É uma vergonha".

Na minha opinião, os pedidos de reportagem e essa reação são altamente positivos. É uma forma de deixar os jornalistas da Globo ligados. Eles estão cada vez mais ciente da grande expectativa dos jovens brasileiros para esse evento e, certamente, terão condições de fazer uma excelente cobertura se assim desejarem. Fica aqui a sugestão: se o quadro "Jovens do Brasil" é inadequado, que tal uma série de reportagens especificamente sobre a JMJ?
Gostou? Clique no link abaixo e conheça o blog que publicou essa postagem!